Você precisa conhecer esta norma!

Olá

Atuo na área da Qualidade e Metrologia desde os meus 18 anos e ao longo deste período, interagindo com metrologistas de diferentes segmentos pude testemunhar muitas criticas ao fato do item que trata o assunto Controle de Equipamentos de Medição na ABNT/ISO 9001 ser muito sucinto e não muito esclarecedor, quanto ao que precisa ser feito para se ter um controle efetivo dos meios de medição.

Este artigo tem o objetivo de apresentar a Norma ABNT/ISO 10012. Trata-se de um importante documento que orienta quanto a validação e acompanhamento de equipamentos e métodos de medição, quanto a sua coerência de resultados e credibilidade.

Nesta norma é estipulado que a empresa deve estabelecer seus critérios e práticas que garantem o desempenho e controle dos processos de medição, visando a obtenção de resultados de medição válidos e confiáveis. Estes critérios devem proporcionar a detecção imediata de desvios que excedam os limites de tolerância estabelecidos, e sua correção em tempo hábil.

O documento orienta quanto a necessidade de quem realiza medições, conhecer e definir:

  • Método para a escolha correta do instrumento no que se refere a resolução e capacidade;
  • Relatórios de validação do método ou programa de medição;
  • Estimativa de incerteza de medição;
  • Limites de erros permissíveis e critérios de aceitação;
  • Estudos de linearidade, tendência e robustez;
  • R&R e habilidade do operador.

Vivemos em um ambiente em que a prioridade é produzir e entregar, mas nós da área da metrologia, sabemos que entregar com qualidade é o mais importante.

Considerando este fato, penso que devemos validar a metodologia e os programas de medição, antes de entregar resultados para os clientes internos e externos, sejam estas medições realizadas com instrumentos básicos, dispositivos e principalmente com máquinas tridimensionais.

O fato de eu ter um equipamento calibrado e com incerteza baixa não quer dizer que a minha medição também irá ter variações baixas, pois isto irá depender por exemplo da fixação, erro de forma, área de contato, temperatura entre outros fatores que podem estar influenciando na qualidade do meu resultado.

Tenho certeza que muitos dirão, mas não tenho tempo para fazer isto, mas em contra partida se contabilizarmos o tempo que se perde discutindo qual a medição está correta ou o que causou a reprovação ou o pior quando se libera um lote e depois ocorrem reclamações e não conformidades.

Penso que a ISO 10012 é uma oportunidade e um norte para a busca de uma especialização maior dos metrologistas, no sentido de conhecer mais e dominar a sua atividade, assim como fazem os profissionais da área médica, direito, psicologia enfim, na minha opinião precisamos sempre estar a frente em conhecimento e não fazer apenas o que nos é cobrado em auditorias.

Já vi este trabalho ser muito bem feito em algumas empresas e o resultado é mais foco e investimento na qualidade de resultados e menor necessidade de assistência técnica e tratamento de não conformidades.

Este modelo de ver a metrologia lhe interessou?

Você pode comentar aqui ou compartilhar com colegas, pois tenho como objetivo contribuir com uma maior valorização e investimento na nossa atividade, pois sei o quanto é importante segurança e responsabilidade ao gerar resultados de medição.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s