Sensibilização para a Importância da Metrologia

Olá

Não é uma tarefa fácil sensibilizar e motivar pessoas quanto a importância da Metrologia.

Se exercitarmos a empatia e nos colocarmos no lugar de gestores sentiremos uma pressão por redução de custos na compra, manutenção e calibração da instrumentação.

O usuário,  por outro lado, precisa ter ferramentas em que possa confiar e necessita ser treinado quanto ao uso e manuseio destes instrumentos.

É muito comum as empresas definirem uma pessoa que vai ter a responsabilidade de controlar os meios de medição, mas o problema é que muitas vezes este profissional fica perdido, correndo de um lado para o outro atrás de instrumentos extraviados ou tendo a surpresa de encontrar ferramentas de medição novas que não estavam no seu cadastro.

Existem cinco princípios que guiam as boas práticas de medição que foram definidos pelo NPL (National Physical Laboratory).

1 – Medição Certa: Medições somente devem ser realizadas para satisfazer requisitos bem especificados.

2 – Ferramenta adequada: Medições devem ser realizadas utilizando equipamentos e métodos que tenham demonstrado ser adequados para a finalidade.

3 – Pessoas preparadas: O pessoal que realiza a medição deve ser competente, qualificado e bem informado.

4 – Base teórica: Procedimentos de medição bem definidos e consistentes com normas nacionais e internacionais reconhecidas.

5 – Consistência: Medições realizadas em um local devem ser consistentes com aquelas realizadas em outros locais.

O fato é que a pessoa com a atribuição de controlar os instrumentos precisa estar preparada tanto tecnicamente quanto emocionalmente, pois irá precisar sensibilizar pessoas quanto a importância da Metrologia, isto é, precisa “trazer as pessoas para o seu lado”, fazendo com que todos estejam juntos neste controle.

Na minha opinião, o primeiro passo é envolver os lideres da área, definindo o que será calibrado com suas respectivas periodicidades. E penso que é também um ótimo momento para identificar os menores intervalos de tolerância dos processos;

Certifique-se de que todos os usuários saibam utilizar os instrumentos de forma adequada, pois o custo de manutenção é elevado quando o usuário o utiliza de forma inadequada, sem contar o risco de aprovar ou reprovar peças de forma indevida.

Neste processo além de ensinar a medir com o próprio instrumento podem ser utilizados modelos matemáticos que simulam as medições e leituras.

Disponibilize material para que o usuário possa manter o instrumento limpo e tenha um cuidado especial na forma de manuseio e armazenamento, sendo que para a limpeza de instrumentos básicos é muito comum o uso de álcool isopropílico com papel toalha ou pano de popeline.

O profissional designado para controlar a instrumentação precisa “vender o seu peixe” e motivar todos a se engajarem na sua missão de manter a metrologia em alto nível na organização.

Outro ponto importante é definir indicadores e metas relativos a:

– Extravio de instrumentos;

– Calibração de instrumentos;

–  Manutenção de instrumentos;

– Treinamento de usuários.

Acredito que tendo-se pessoas preparadas em todos os níveis será mais fácil de engajar toda a equipe no propósito de manter a metrologia em alto nível, trazendo confiança e qualidade de resultados que é o mais importante.

Fique a vontade para opinar e trazer sugestões para uma melhor gestão metrológica.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s